17 de set de 2013

Chegando naquela rua

Eu passava naquela rua as oito e dez da noite
com a certeza que tive um ótimo dia
e que amanha também seria assim
e que aquilo era tudo o que eu queria

Eu passava naquela rua as oito da noite
sabendo que meu dia estava incompleto
querendo ter mais tempo
para dizer as coisas certas e não ser discreto

Eu passava naquela rua as sete e quarenta da noite
conformado que aquilo era o que é
eu não tinha direito de escolher por nos
li o texto até a sua deixa, mas você sabe, você é o que é

Eu não passo mais naquela rua
sei como deixei aquilo
Mas como se diz? isso é natural
você não fez nada de anormal

Não se engane
A sua realidade foi o que você escolheu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...